quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Eu

Eu posso ser assim
Um pouco de cada
Doce ou exagerada
Tudo cai bem em mim

Me enlouqueço de amor
Faço canções, danço e costuro
Retalhos coloridos para vestir o futuro
Assim driblo os sonhos ruins, a dor

Quando serena, sorrio suave
Quando zangada, grito agudo
Faço festa no silêncio absurdo
Cabe muita gente na minha nave

Faço graça, faço planos
Voo sem sair do chão
Discordo do vazio, do fraco, do não
Tenho ideias loucas, desejos insanos

Não me irrito fácil
Não me deixo embrutecer
Faço o momento bom permanecer
Sou intensa, não sou frágil

Admito que às vezes me esqueço
Me perco em sonhos e fantasias
Me debruço nelas, pode parecer covardia
Mas são apenas táticas de recomeço

Tudo o que digo sobre mim
É o que desconheço
Ou o que finjo que mereço
Pra não desanimar no fim



É um trabalho de faculdade que eu não deveria estar expondo agora, porque ainda não está pronto, mas eu não aguentei!!! rs... 
É uma homenagem. Afinal, preciso de inspiração mesmo quando sou obrigada a fazer algo.

10 comentários:

  1. Eu vi alguém muito próxima a mim neste texto...

    Lido e LINDO!

    Amo-te.

    ResponderExcluir
  2. Eu te amo!
    Lindo, lindo!!
    [Brigada!]

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que intenso, que bom poder lhe conhecer melhor agora! Espero conhecer mais ainda! Aguardo postagem

    ResponderExcluir
  4. aiiiii!
    Lindo, lindo, lindo, lindo!
    como sempre!

    Te amo.
    saudadee!

    ResponderExcluir
  5. Sei, fiquei fora da homenagem, mas tudo bem, eu espero o meu, vai ser mais bonito ainda...rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Jaíce
    É um lindo poema. Gostei demais da penúltima quadra, minha preferida, mas todo o texto fala de alguém complexa, como numa loja de perfumes, com fragrâncias mais desejáveis, menos, marcantes, não tão fixadas, mas todas aromas de uma personalidade delicada em que tudo cai bem...
    E nós, que lemos, colocamos as mãos no queixo e os cotovelos na mesa, e lemos meditativos ou sorrindo, tentando descobrir cada uma das essências, verso por verso, até sabermos melhor quem essa pessoa doce ou exagerada na verdade é...
    Um abraço carinhoso
    Marcelo Bandeira

    ResponderExcluir
  7. Não vou me deixar embutecer, eu acredito nos meus ideais...

    Lindo, querida! Queria poder dizer que também sou asim, corajosa, firme, louca, mas não tenho sido. rs :)

    Saudades daqui... Estranho!

    ResponderExcluir
  8. Eu te admiro tanto. Muito lindo, muito, muito e mais um bocado de lindo!.

    ResponderExcluir

Leia e comente se acha que eu vou ficar feliz com isso. =]